quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Diante das Forças das Trevas


Diante dos inúmeros acontecimentos que a sociedade vem experienciando nos  últimos tempos, das guerras, conflitos, crises financeiras, políticas e econômicas, precisamos de uma atenção aos fatos que ora se desenrolam.

Não é novidade para os mais espiritualizados que assim como há as foças do bem, que trabalham em prol da causa do Mestre Jesus, também há os opositores, que se comprazem no mal e tentam, a todo custo, desfazer os planos do Grande Mestre aqui na Terra.

São momentos delicados, pois diante de todas as energias densas que são formadas através do espírito da reclamação, da desordem, da confusão, os emissários das trevas estão cada vez mais encontrando um caminho, um solo fértil para a instauração da sabotagem dos planos Divinos.

O que nós temos a ver com isso? Tudo a ver.

Qualquer ser encarnado na Terra, tem como responsabilidade cuidar do seu próprio lar. Do seu Lar-Eu, do seu Lar-Casa e do seu Lar-Terra. Os encarnados, que têm a maior parte da responsabilidade, pois todos os lares são alvos das forças opositoras.

O Lar-Eu é a sua economia psico-emocional, é o seu equilíbrio energético, a sua busca pelo autoconhecimento na intenção de trazer luz às sombras, buscando as  benesses do alto para que se depurem e atinjam uma luminosidade para espantar as trevas.

O Lar-Casa é a edificação onde você mora com os seus. Lá também é preciso ter muito cuidado. Sobretudo diante das discórdias, das brigas, diante das dificuldades serem resilientes e buscarem sempre a boa energização, trazendo uma aura de paz e harmonia para o lar, evitando qualquer infiltração das energias contrárias ao bem.

E por fim, o Lar-Terra. Este é responsabilidade de todos os seres. Não é para delegar aos Espíritos a missão de fazer da Terra um lugar melhor. Não é para delegar aos comandantes das nações. Todos são responsáveis. A boa conduta, o bom relacionamento, o respeito, a ética e a moral religiosa que liga o homem a Deus, deve ser instaurada, porém, para isso acontecer no Lar-Terra é preciso ter estas mesmas condições dentro do Lar-Eu e do Lar-Casa.

Cuidemos dos nossos Lares, estejamos atentos às energias que nós estamos cultivando dentro de nós, levando ao nosso lar e à sociedade. A inteligência deve ser usada para buscar soluções para os problemas, não para denegrir nem menosprezar o seu irmão de jornada. Esteja atento. Prepare-se, porque a investida das trevas não cessa pelo simples fato de irmos às casas espíritas ou templos religiosos. É hora de expandir, de manifestar aos quatro cantos do mundo os conselhos e ensinamentos do Mestre Jesus através da prática. Chega de Teoria.

Trabalhadores, é chegada a hora do cultivo. Semear o solo. Plantar o Bem. Eliminar as pragas. Colher os frutos no Futuro, na Terra Renovada.

Graças a Deus!