domingo, 16 de agosto de 2009

...eu venci o mundo!

A vida nos reserva muitas peripécias. Muitas delas são tão bem armadas que chegamos a pensar que realmente caímos e jamais conseguiremos delas nos desvencilhar. Mas nós nunca estamos sozinhos! Sempre há perto de nós amigos encarnados e desencarnados que são incansáveis trabalhadores e nos estima a ponto de não nos quererem ver derrotados. Essa força que nos transmitem nos dá coragem de levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima. São anjos de Deus.

Há muito tempo Jesus disse que devemos orar e vigiar. Ele já nos alertava que no mundo há muitas distrações espirituais que não estariam desatentas quando tivessem que nos dar o bote. Lembro-me de alguém ter me falado que o mal só não ora, mas vigia o tempo todo. Então, mais uma razão para não darmos bobeira e ficarmos com os nossos olhos bem atentos e vibrações elevadas.

Tudo isso parece difícil, ter que ficar o tempo todo atento, trabalhando e nos esforçando para não fraquejarmos. Podemos pensar se chegaremos realmente a ter paz. Jesus também disse que no mundo teríamos aflições. Não devemos esperar a paz total aqui na Terra, porque aqui estamos ainda evoluindo na nossa trajetória espiritual e expiando nossas faltas de vidas passadas.

O que devemos fazer é focar em Cristo e lembrar quando nos disse: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo!”.