sexta-feira, 23 de novembro de 2007

O Repouso

"Nada melhor que descansar após um dia de trabalho..."

É muito bom poder descansar depois do trabalho, não é mesmo? Afinal, ninguém é de aço. Até Deus, segundo a Gênese Mosaica, descansou após a criação do planeta! E porque nós não descansaríamos também? Até porque o descanso é a reposição das forças do organismo para que possamos continuar trabalhando.

No último artigo, falamos da benção que é trabalhar, no sentido mais amplo da palavra. Porém, como Deus em toda sua perfeição, também nos recomenda o descanço. Mas quando descançar? Quando as nossas forças estiverem se extinguindo. Isso é necessário para que possamos elevar a nossa inteligência, elevar o nosso espírito além da matéria. Mas como? Quando estamos em repouso, nossa mente trabalha de forma livre, sem o comprometimento de um trabalho. Conseguimos "trabalhar mentalmente" concebendo idéias que talvez não conceberíamos em atividade.

Na velhice, a famosa aposentadoria, também podemos dizer que é uma lei natural. O limite do trabalho do homem se dá até onde vai suas forças, porém, Deus nos deixa livres para que possamos continuar nosso trabalho. Nós vemos bastante gente que, mesmo depois de se aposentarem, continuam trabalhando. Uns por necessidade, outros por prazer, outros ainda por ganância, que é condenável aos olhos de Deus. Para aqueles que trabalham por necessidade, deveriam, segundo nos é ensinado pelos nossos irmãos do plano espiritual, que os que possuem ainda o vigor da idade, da força, provenham os meios para o resto da existência daqueles que não têm mais possibilidade de trabalhar. Assim, quando chegar a nossa vez, Deus possa prover também um anjo que supra a nossa necessidade. Dessa forma podemos colocar em prática o que muitos mantém nos lábios - a caridade.

Cabe a nós, trabalharmos e orarmos, como diz o Evangelho, e continuar a nossa labuta para que possamos repousar no momento correto com a sensação de "missão cumprida".

Muita Paz!


Artigos relacionados