segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Final dos Tempos I

Fim do MundoAlegoria do Fim do Mundo


Recordo-me quando eu era mais jovem, religioso, super conservador, cheio de medo do desconhecido. Lembro-me que quando ouvia falar do Final dos Tempos, já me sentia no inferno, mesmo sendo um "cristão exemplar". Apesar de eu aceitar, naquela época, a teoria de que Deus coloca os homens no inferno para sempre, eu sempre desconfiava dessa falha teoria. Bem no íntimo do meu ser eu acreditava piamente na remissão dos pecados e na misericórdia Divina.

Hoje com minha visão e entendimento espiritual, apesar do processo de formação eterno, já posso ter uma conclusão bem diferente do que é o chamado Final dos Tempos apocalíptico. Embora não seja o foco do artigo de hoje, mas o de um artigo futuro, vou falar somente dos aspectos que caracterizam o final dos tempos e a transição do nosso tempo.

Acredito que a maioria das pessoas ou já leram ou já ouviram falar que na Bíblia, no livro de Apocalipse, existe uma passagem que fala do Final dos Tempos, figurando guerras, catástrofes naturais, conflitos entre as sociedades, etc. E hoje, por essa razão, as pessoas acreditam que estamos no Final dos Tempos (e com razão) por estarmos vivenciando todas as profecias lançadas à humanidade há alguns milênios. Uma das condições que também é sustentada é que o Final dos Tempos só se consumaria de fato depois que todas as criaturas viventes fossem pelo menos notificadas do evangelho do Mestre Jesus. E é nesse ponto que eu gostaria de chegar!

Iluminação EspiritualIluminação Espiritual

Tenho acompanhado a literatura espiritualista, de auto-ajuda, filmes, palestras que falam muito sobre as novas tendências da humanidade, como a logosofia, por exemplo. Há aproximadamente 100 anos com o advento da Física Quântica podemos resolver problemas antes atribuídos ao diabo. Podemos falar dos milagres de Jesus embasados na ciência e constatar a tamanha evolução e conhecimento do grande Mestre que há dois mil anos já dominava a ciência no campo vibracional das partículas. E nós, 'rélis mortais', ainda estamos engatinhando para descobrir se um elétron se comporta como uma onda ou como uma partícula ou como ambos?!

Podemos hoje entender tanto no aspecto religioso quanto científico as comunicações com o plano espiritual intermediadas por pessoas comuns que antes eram mortas em fogueira, decapitadas, etc. Podemos entender a força do pensamento positivo e negativo, da Lei da Causa e Efeito, dos problemas de pessoas que nascem com um sofrimento que, sem levar pelo aspecto religioso, achamos a Justiça Divina injusta, por pura falta de conhecimento.

Enfim, são milhares de mudanças no veio da Humanidade. Vários ícones já passaram para realizarem verdadeiras revoluções em todas as áreas de conhecimento. Muitos já padeceram pelo bem da Humanidade, já sofreram horrores para implantar uma idéia que hoje nos parece corriqueira. E onde você imagina, amigo (a), que isso tudo irá parar? O que você espera acontecer daqui a alguns séculos? Como você acha que a Humanidade se encontrará espiritualmente daqui a mais mil anos? Será nosso planeta ainda um ponto na Via-Láctea? E depois disso? O que será de nós, espíritos sofredores carentes de paz? Será que você consegue enxergar nisso tudo o final dos tempos?

A última chance está dada. Somos os trabalhadores de última hora! Precisamos fazer o nosso melhor para que possamos usufruir de uma paz de espírito relativamente perfeita com relação à da Terra. Sejamos, pois fiéis aos ensinamentos do grande Cristo e não nos detenhamos nas diferenças, mas unamos forças para que amemos uns aos outros se fosse a nós mesmos e nunca percamos de vista o nosso objetivo, a nossa meta, que é a Luz do Grande Arquiteto do Universo.

Um Abraço Fraterno!

Artigos Relacionados: