domingo, 9 de fevereiro de 2014

Palestra: Iluminação

Nenhum comentário:
Palestra realizada no Centro Espírita Seara Fraterna no dia 01 de Fevereiro de 2014.
O tema foi retirado do livro O Consolador, do Espírito Emmanuel, psicografia de Chico Xavier.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Palestra: O Céu e o Inferno

Nenhum comentário:
Olá Pessoal!

Trago-vos mais uma palestra, desta vez realizada no Centro Espírita Casa de Emmanuel no dia 28/01/2014, cujo tema foi O Céu e o Inferno, baseado no livro homônimo, capítulos 3 e 4.

Muita Paz!

domingo, 10 de novembro de 2013

Palestra: Relacionamentos Saudáveis

Nenhum comentário:
Palestra realizada no Centro Espírita Seara Fraterna no dia 02 de Novembro de 2013.

O tema foi inspirado no capítulo Relacionamentos Saudáveis do livro Vida: Desafios & Soluções de Joanna De Ângelis, psicografado por Divaldo P. Franco.


sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Manifestações e Protestos Não Servem de Nada!

Nenhum comentário:
Sócrates

Se as pessoas realmente estivessem interessadas em mudar o Brasil ou o mundo, não estariam somente gritando pelo Facebook dos problemas sociais, levantando cartazes nas ruas ou depredando o patrimônio público. Estariam, sim, preocupando-se em conhecerem a si mesmos.

O mais duro é que sabendo disso, sinto uma angústia tremenda, porque um seleto grupo de pessoas conseguem entender o que eu repito (porque não é meu) e outra parcela, ainda menor que a primeira, fará esse trabalho dificílimo de auto-conhecimento e reforma íntima. Creiam-me, isso é muito mais difícil do que gritar meia dúzia de frases de efeitos em passeatas ou em artigos, blogs e posts no Facebook.

O que me admira é que reclamamos muito dos políticos, mas vemos suborno a guarda de trânsito, propinas a policiais em blitz, lixo jogado no chão e tantos outros atos antiéticos e imorais que têm como benefício a si próprio, sem pensar no outro cidadão comum que vive na mesma sociedade... Mas esse indivíduo está lá, reclamando os seus direitos. 

Não tiro a legitimidade do movimento, certamente que não! É importante e devemos, sim, lutar pelo que é justo e ético. Todavia, o que quero trazer à reflexão é que, talvez 10 ou 20 estariam lá reivindicando legitimamente, porque os demais, olhariam para si mesmos e veriam que não estão em condição de pedir ordem e progresso, se eles mesmos não praticam a ordem e tampouco se interessam pelo progresso.

Sou altamente crucificado quando informo que essas manifestações não servem de absolutamente nada. Se funcionasse, depois do Collor, não teríamos outros presidentes esquisitos (vide Lula, por exemplo). 

Sai um, entra outro. O problema não é o sistema em si, o problema é o Homem. Esse ser imperfeito que está em um estágio quase primitivo de evolução. Tantos outros seres imperfeitos subirão ao poder, novas promessas, novas manifestações, novos exageros da polícia, e assim sucessiva e indefinidamente...

A menos que... ...todos nós tenhamos a consciência de que o Homem é a raiz do problema. Enquanto não houver o real interesse, íntimo, pela coletividade, nada disso irá adiantar. Seja o protesto pacífico ou violento... Agirão no efeito, mas a causa continuará existindo e gerando novos problemas.

O convite que faço para a mudança do País é lenta, talvez demoraremos séculos, milênios, mas começa hoje, agora. Não adianta querer mudar o sistema da noite para o dia, porque o sistema neutralizará qualquer tentativa de mudança brusca, porque ele não o suporta.

Assim, encerro deixando a frase que atribuíram ao homem que me inspirou a escrever este texto.

Homem, conhece-te a ti mesmo. 
(Sócrates)

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Palestra: Bondade e Humildade

Nenhum comentário:
Caros amigos, muita paz!

Segue a palestra que realizei no Centro Espírita Seara Fraterna no dia 30 de Setembro, cujo tema foi Bondade e Humildade.

domingo, 22 de setembro de 2013

Educação

Nenhum comentário:
Disse-nos o Cristo: “brilhe vossa luz ...” (Mateus, 5:16) 

E ele mesmo, o Mestre Divino, é a nossa divina luz na evolução planetária. 

Admitia-se antigamente que a recomendação do Senhor fosse mero aviso de essência mística, conclamando profitentes do Culto externo da escola religiosa a suposto relevo individual, depois da morte, na imaginária corte celeste. 

Hoje, no entanto, reconhecemos que a lição de Jesus deve ser aplicada em todas as condições, todos os dias. 

A própria ciência terrena atual reconhece a presença da luz em toda parte. 

O corpo humano, devidamente estudado, revelou-se, não mais como matéria coesa, senão espécie de veículo energético, estruturado em partículas infinitesimais que se atraem e se repelem, reciprocamente, com o efeito de microscópicas explosões de luz. 

A Química, a Física e a Astronomia demonstram que o homem terrestre mora num reino entrecortado de raios. 

Na intimidade desse glorioso império da energia, temos os raios mentais condicionando os elementos em que a vida se expressa. 

O pensamento é força criativa, a exteriorizar-se, da criatura que o gera, por intermédio de ondas sutis, em circuitos de ação e reação no tempo, sendo tão mensurável como o fotônio que, arrojado pelo fulcro luminescente que o produz, percorre o espaço com Velocidade determinada, sustentando o hausto fulgurante da Criação. 

A mente humana é um espelho de luz, emitindo raios e assimilando-os, repetimos. 

Esse espelho, entretanto, jaz mais ou menos prisioneiro nas sombras espessas da ignorância, à maneira de pedra valiosa incrustada no cascalho da furna ou nas anfractuosidades do precipício. Para que retrate a irradiação celeste e lance de si mesmo o próprio brilho, é indispensável se desentrance das trevas, à custa do esmeril do trabalho. 

Reparamos, assim, a necessidade imprescritível da educação para todos os seres. 

Lembremo-nos de que o Eterno Benfeitor, em sua lição verbal, fixou na forma imperativa a advertência a que nos referimos: “Brilhe vossa luz.” 

Isso quer dizer que o potencial de luz do nosso espírito deve fulgir em sua grandeza plena. 

E semelhante feito somente poderá ser atingido pela educação que nos propicie o justo burilamento. 

Mas a educação, com o cultivo da inteligência e com o aperfeiçoamento do campo íntimo, em exaltação de conhecimento e bondade, saber e virtude, não será conseguida tão-só à força de instrução, que se imponha de fora para dentro, mas sim com a consciente adesão da vontade que, em se consagrando ao bem por si própria, sem constrangimento de qualquer natureza, pode libertar e polir o coração, nele plasmando a face cristalina da alma, capaz de refletir a Vida Gloriosa e transformar, conseqüentemente, o cérebro em preciosa usina de energia superior, projetando reflexos de beleza e sublimação.

Livro: Pensamento e Vida
Autor: Chico Xavier (Espírito Emmanuel)
Capítulo: 5